Links de Acesso

Kundy Payhama irritado com a burocracia

  • Isaías Soares

Kundy Payhama irritado com a burocracia

Kundy Payhama irritado com a burocracia

Pensões dos antigos combatentes e veteranos processadas tardiamente

As pensões dos antigos combatentes e veteranos da pátria na província de Malanje são processadas após a liquidação dos salários da função pública e dos subsídios das autoridades tradicionais.

O ministro da área, general Kundy Payhama agastado com a situação, disse em Malanje num encontro com os membros da classe, que o antigo combatente deve ser respeitado perante a sociedade.

“Só quero pedir que o antigo combatente prioritário em primeiro lugar, soba sempre haverá, mas a independência veio por causa do antigo combatente. Por isso, estamos já a encontrar sensibilidade em todas fases, também notamos que a pensão dos antigos combatentes só é processado depois de pagar todos os agentes públicos, eu defendo o contrário: que primeiro se dê a pensão do antigo combatente, que primeiro é já pequena em segundo lugar, o antigo combatente tem o respeito, muito devemos pelo amplo gesto na luta de libertação nacional, ele tem prioridade”.

Uma Federação dos Antigos Combatente com orçamento próprio a ser constituído a partir do Ministério de tutela será criada nos próximos tempos para juntar todas as associações que se revejam na solução dos problemas dos filiados.

O governante preocupado com os níveis de pobreza que afectam os beneficiários em todo o país reafirmou que o sector agro-pecuário é o primeiro emprego para o desenvolvimento sustentável e independência das famílias e, mostrou-se disposto a apoiar os interessados com instrumentos de trabalho.

“Nós compramos alguns meios, penso que no Kwanza-Norte vamos entregar o primeiro tractor à uma cooperativa, porque a cooperativa está organizada, mas temos mais tractores em Luanda para dar as outras cooperativas, no entretanto, precisamos primeiro de estruturar bem, organizar bem essas cooperativas”.

A formação académica e profissional é o caminho viável para a inserção dos antigos combates em outros empregos que não seja o cultivo da terra.

O ministro Kundy Payhama visitou o campo de produção da cooperativa agro-pecuária Major Canhangulo, sita na comuna do Cota, município de Calandula, o centro de produção da Televisão Pública de Angola, Comando da Defesa Civil e o para a construção de casas para os assistidos.

XS
SM
MD
LG