Links de Acesso

Obama na ONU: Erradicar a Pobreza

  • Eduardo Ferro

Edifício das Nações Unidas, Nova Iorque

Edifício das Nações Unidas, Nova Iorque

Amanhã, quarta-feira, o presidente Obama abordará, nas Nações Unidas, a erradicação da pobreza global extrema quando discursar na sessão de abertura da sexagésima quinta Assembleia Geral da ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, convocou uma reunião de três dias para os líderes mundiais discutirem os avanços das Metas de Desenvolvimento do Milénio promovidas pela organização, cuja concretização está prevista para 2015. A reunião cimeira decorre até amanha.

As Nações Unidas concordaram em Setembro de 2000 com oito metas de desenvolvimento até 2015 por meio de uma parceria global entre as nações e as principais instituições de desenvolvimento.

“A erradicação da pobreza extrema continua a ser um dos principais desafios do nosso tempo e uma grande preocupação da comunidade internacional”, declarou Ban Ki Moon sobre as metas de desenvolvimento

A última sessão da Assembleia Geral da ONU foi aberta em 14 de Setembro, e os líderes mundiais começaram a chegar para a sessão principal, que conta com discursos e reuniões de alto nível marcadas pelo secretário-geral da organização. As reuniões e os discursos ajudam a estabelecer a agenda de trabalho para o próximo ano e dão aos líderes a oportunidade de levar a cabo reuniões paralelas às sessões.

Em declarações à imprensa, a secretária de Estado adjunta americana Esther Brimmer afirmou entretanto que o presidente Obama falará sobre o compromisso dos EUA com as metas de desenvolvimento no seu discurso no dia 22 de Setembro.

Além da ênfase nas principais metas do desafio do milénio, o presidente americano e a secretária de Estado Hillary Clinton participarão noutras reuniões, abordando sobre a assistência de emergência e esforços de recuperação no Paquistão após as enchentes, a reconstrução do Haiti, assim como num encontro do Quarteto da Paz para o Médio Oriente.

XS
SM
MD
LG