Links de Acesso

Eleições no Brasil: Agenda dos candidatos

  • Renata Torres

Brasilia, Brasil

Brasilia, Brasil

Eleições no Brasil: Agenda dos candidatos

No último mês de campanha, os candidatos à presidência da República estão com a agenda cheia. Marina Silva (Partido os Verdes) vai focar sua campanha em locais onde, segundo pesquisas internas, suas chances de crescimento são maiores.Marina passará por 17 cidades, entre elas São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Curitiba.

Já o PSDB, partido do presidenciável José Serra, começa hoje a pedir votos porta a porta. Cabos eleitorais distribuirão materiais impressos com os principais feitos de gestões do partido.

A candidata Dilma Rousseff (PT), conta com a participação do Presidente Lula em sua propaganda eleitoral gratuita. No programa exibido na última terça-feira, Lula defendeu Dilma dos ataques de José Serra e acusou o candidato do PSDB de tentar atingir a petista com “mentiras e calúnias”.

Nesta quarta-feira, dia 8 de Setembro, o jornal O Estado de São Paulo e a TV Gazeta promovem um debate com os candidatos à presidência da República. José Serra, Marina Silva e Plínio de Arruda Sampaio confirmaram presença. Por meio de sua assessoria, Dilma Rousseff alegou problemas de agenda e pode não comparecer.

O debate está marcado para às 23 horas, horário de Brasília, e terá transmissão ao vivo pela TV Gazeta, rádios Gazeta e Eldorado e pelos portais estadao.com.br e tvgazeta.com.br.

O primeiro turno das eleições presidenciais será no dia 3 de Outubro.

(Com informações dos jornais Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo e O Globo)

“Ficha Limpa” Caça Candidatos

A Lei da Ficha Limpa já caçou o direito de mais de 130 candidatos de participarem das eleições do dia 3 de Outubro, que vai eleger presidente da República, governadores, senadores, deputados federais e estaduais.

A lei, sancionada em Junho pelo Presidente Lula, impede a candidatura de políticos condenados na Justiça em decisão colegiada em processos ainda não concluídos. Esse número representa 25% das candidaturas contestadas pelo Ministério Público Eleitoral em todo o Brasil.

Para demonstrarem que têm a ficha limpa, todos os candidatos podem se inscrever voluntariamente no Site Ficha Limpa. Um mês depois de ser criado, o portal tem apenas 50 inscrições, o que equivale a 0,25% do total de 20 mil pessoas que disputam as eleições deste ano. Há apenas um candidato a presidente inscrito: Plínio de Arruda Sampaio (PSOL). Ao se inscrever, o candidato se compromente a informar semanalmente a origem dos recursos obtidos e os gastos realizados com a campanha.

(Com informações do jornal O Estado de São Paulo e do portal Congresso em Foco)

XS
SM
MD
LG