Links de Acesso

Manifestação em Luanda no centro das atenções

  • Eduardo Ferro

Dionísio Casimiro "Carbono", um dos organizadores da manifestação de 2 de Setembro em Luanda.

Dionísio Casimiro "Carbono", um dos organizadores da manifestação de 2 de Setembro em Luanda.

Continua convocada para sábado em Luanda uma manifestação de um grupo de activistas angolanos.

Em Angola, está convocada para amanhã em Luanda uma manifestação de um grupo de activistas angolanos.

O grupo tem vindo a pressionar o governo no sentido de encetar reformas democráticas e acabar com a corrupção e já tinha organizado outras acções de protesto na capital angolana.

Os organizadores são, na maioria, jovens artistas e "rappers" cuja música contesta a pobreza, a desigualdade social e a corrupção da classe dirigente angolana.

Camisolas mandadas fazer para a manifestação de 2 de Setembro

Camisolas mandadas fazer para a manifestação de 2 de Setembro

Responsáveis do grupo anunciaram ontem que foram abordados por elementos do executivo angolano tendo em vista o adiamento da manifestação de 3 de Setembro a troco de um montante de 270 mil dólares.

Os activistas acrescentaram que decidiram abandonar esses contactos e declarar imparável a realização da manifestação.

A “Voz da América” falou hoje com um dos organizadores da concentração Dionísio Casimiro “Carbono” que nos afirmou que tinham sido concluídos todos os procedimentos legais para a sua realização.

Realçou contudo que tudo pode acontecer amanhã na capital angolana.

XS
SM
MD
LG