Links de Acesso

FAA acusadas de espancamento em Cabinda

  • José Manuel

FAA acusadas de espancamento em Cabinda

FAA acusadas de espancamento em Cabinda

Aldeãos violentamente espancados quando se insurgiram contra a detenção de um jovem

Mesmo repudiadas pela sociedade civil e pelas organizações de defesa dos direitos humanos, as forças armadas angolanas estão novamente a ser acusadas de cometer abusos e atrocidades contra civis no interior da província.

As forças governamentais estão a ser denunciadas de terem espancado um grupo de aldeões na aldeia de Beira, comuna de Comuna de Necuto, a cerca de 90 quilómetros a norte do enclave de Cabinda, zona ainda em conflito separatista que opõe o governo com os grupos independentistas da FLEC.

De acordo com depoimentos de testemunhas os aldeãos foram violentamente espancados quando insurgiram contra a detenção de um jovem por militares das forças governamentais por alegadas simpatias com a FLEC.

Capita Taty, coordenador e ancião na aldeia de Chinfuca segundo testemunhas viu a morte por espancamento numa unidade militar.

A testemunha em declarações a Voz da América não precisou se do acto ocorreram detenções como alegadamente tem acontecido.

Cidadãos espancados por militares das forças armadas angolanas na aldeia de Beira Nova no interior de Cabinda, zona ainda em conflito separatista.

XS
SM
MD
LG