Links de Acesso

Fome espreita no sul de Angola

  • Armando Chicoca

Chuvadas são a causa de fracas colheitas

Chuvadas são a causa de fracas colheitas

Camponeses avisam que se está a poucos dias da fome

Colheitas fracas na região sul de Angola podem ser indício da fome iminente no resumo do ano agrícola 2011.

Camponeses contactados pela Voz da América atrvés da região culparam as fracas colheitas nas chuvadas e inundações.

No passado final de semana, a Voz de America percorreu o corredor central do interior da Provincia do Namibe e na Comuna da Comuna da Lola, Município da Bibala, um dos principais celeiros do milho na Província e tambem comunidade das famosas localidades em produção de milho, massango e massambala nas Províncias da Huila e Cunene, além do Namibe.

Os camponeses dizem que trabalharam o suficiente, mas a chuva excedeu o normal e daí a iminência da fome nos próximos dias, segundo Alberto Sachikema agricultor de destaque na comuna da Lola Município da Bibala e província do Namibe.

Na área do Mucupe, província do Cunene já com pouca tradição em agricultura, a chuva arrasou foi madrasta, as culturas todas foram arrasadas

Na Província da Huila os Municípios de Caconda, Chipindo e Cuvango e Jamba, são potencialmente produtores de milho e feijão, mas no ano em curso a colheita ficou muito aquém dos esforços dos camponeses.

No Município de Quipungo província da Huila, sobretudo na localidade do Malipi, a população correspondeu a chamada de aumento a produção de milho no combate a fome mas as enxurradas destruíram as colheitas.

«Como pode ver, todo o nosso milho ficou submerso, em vão o nosso esforço, a agua destruiu a produção. Vamos ter fome», disse João Kapitango, homem do Campo em Malipi, Municipio de Quipungo.


Ao longo da estrada Lubango, Quipungo, Matala, Dongo, Cuvango, agora com a paz ligada com o Município do Cuchi ao Menongue, os sacos de milho são tradicionalmente expostos ao longo desta via para quem quisesse fazer permuta com o sal e peixe. Hoje, poucos se encontram estendidos ao longo desta estrada, toda ela asfaltada.

XS
SM
MD
LG