Links de Acesso

A lei de crimes sexuais serviu para condenar moçambicana

  • Francisco Júnior

Edificio da Procuradoria Geral da República da África do Sul

Edificio da Procuradoria Geral da República da África do Sul

A 19 de Julho um tribunal de Pretoria condenou Aldina dos Santos

A 19 de Julho passado, o Tribunal Regional de Pretória, condenou a moçambicana Aldina dos Santos, de 32 anos, a prisão perpetua, por exploração sexual de três menores, também de Moçambique.

Foi esta é a primeira vez que, na África do Sul, alguém foi julgado e condenado sob acusação de tráfico de seres humanos.

Um tribunal sul-africano condenou uma mulher moçambicana,. Aldina dos Santos, por exploração sexual de três menores, também de Moçambique.

Dos 65 crimes de que a moçambicana foi acusada, a juiza do caso pronunciou-se sobre 62, tendo ilibado a ré de 61.

São acusações todas elas relacionadas com a violação sexual. A Juiza Dawn Neethling entende que as provas apresentadas pelo Ministério Público não foram suficientemente fundamentadas.

XS
SM
MD
LG