Links de Acesso

Jorge Carlos Fonseca é o novo presidente cabo-verdeano

  • Eugénio Teixeira

Presidente Jorge Carlos Fonseca

Presidente Jorge Carlos Fonseca

A taxa de abstenção rondou os 40 por cento contra 47 na primeira volta

O jurisconsulto, Jorge Carlos Fonseca, que foi apoiado pelo Movimento para a Democracia (MPD) venceu a segunda volta das eleições presidenciais realizadas ontem, tendo segundo dados provisórios, conseguido 97.103 votos cerca de 54.09% contra 82.414 votos – 45.91% de Manuel Inocêncio, o candidato derrotado que foi apoiado pelo partido no poder PAICV.

Um dado a ressalvar nesta segunda volta, foi a redução da taxa de abstenção que rondou os 40.3%, contra 47% do primeiro turno.

Na noite da vitória, Jorge Carlos Fonseca reafirmou que irá manter uma relação institucional franca com o governo presidido por José Maria Neves. No entanto, Fonseca diz que será um presidente activo e atento a vida do país, exercendo todos os poderes que a constituição confere ao chefe de estado.

Depois da instauração do regime multipartidário em 1991, esta será a primeira experiencia de coabitação Presidente da República – Governo, vindo de famílias partidárias diferentes.

Para alguns analistas políticos, este cenário até pode ser benéfico para o fortalecimento da democracia no arquipélago. Dizem que não se pode colocar neste momento qualquer problema sobre a governação do país, já que o executivo chefiado pelo Primeiro-ministro, José Maria Neves, tem uma maioria absoluta no Parlamento.

Com a eleição ontem, Jorge Carlos Fonseca será o quarto Presidente da Republica de Cabo Verde, depois de Aristides Pereira no regime mono partidário, Mascarenhas Monteiro e Pedro Pires, estes dois que foram eleitos na vigência multipartidária.

XS
SM
MD
LG