Links de Acesso

Frelimo reage ao pedido da Renamo para que governador de Nampula se demita

  • Faizal Ibramugy

Combóio de Nampula para Mutuáli

Combóio de Nampula para Mutuáli

O Partido Frelimo na Província de Nampula diz que nenhuma força externa deve persuadir algum dirigente a renunciar um cargo que sabe bem dirigir.

O Partido Frelimo na Província de Nampula diz que nenhuma força externa deve persuadir algum dirigente a renunciar um cargo que sabe bem dirigir.

A Secretária para a Mobilização e Propaganda do Partido Frelimo em Nampula, Martinha Benfica, falava à nossa reportagem reagindo às exigências da Renamo segundo as quais o governador provincial e os presidentes dos Municípios de Nampula e Nacala-Porto devem apresentar cartas de renúncia do cargo por má -governação.

Eles estão a governar de acordo com a lei, disse Martinha Benfica, para depois explicar que recentemente dois encontros de avaliação foram realizados, tendo sido contactado que o desempenho do governador de Nampula, Felismino Ernesto Tocoli, é positivo. A mesma avaliação foi extensiva para os Municípios de Nampula e Nacala-Porto que igualmente estão a responder aos anseios da Frelimo e da população em geral.

Já o presidente do Município de Nampula, instado a dar o seu posicionamento em relação ao convite da Renamo para renunciar o cargo, disse que o pedido é politizado.

Referiu que a Renamo, nunca apoiou o Município de Nampula e muito menos aprovou os programas de governação municipal.

Não ouvimos o presidente do Município de Nacala-Porto, mas prometemos nas próximas ocasiões. Tentativas de ouvir o governador Felismino Tocoli os seus assessores na área de comunicação e imprensa impediram qualquer contacto, alegando estar com a agenda de trabalho carregada.

Recorde-se que o governador de Nampula visitou recentemente o distrito de Nacala-a-Velha, onde proferiu um discurso, pedindo aos dirigentes mais fracos da província a renunciarem aos respectivos cargos.

XS
SM
MD
LG