Links de Acesso

Corrida Presidencial no Brasil: Começa Propaganda Eleitoral


Rio de Janeiro, Brazil

Rio de Janeiro, Brazil

Começa nesta terça-feira, 17, o programa eleitoral gratuito no Rádio e TV, um dos momentos mais esperados da campanha presidencial no Brasil. Até o dia 30 de Setembro, os candidatos vão contar com dois blocos diários de 50 minutos, em horário nobre nas duas mídias, para a apresentação das suas propostas.

De acordo com definição do Tribunal Superior Eleitoral, TSE, a coligação de Dilma Rousseff, do PT, que agora aparece liderando as pesquisas de intenção de voto, terá mais tempo. Serão cerca de dez minutos em cada um dos blocos que serão veiculados em cadeia de rádio e televisão.

O segundo maior tempo é de José Serra, do PSDB, em torno de sete minutos. A candidata do Partido Verde, PV, a afro descendente Marina Silva, terá pouco mais de um minuto. Plínio de Arruda Sampaio, do PSOL, contará com um minuto. Os demais candidatos, que não aparecem de forma significativa nas pesquisas, terão 55 segundos.

Nos programas eleitorais na mídia, o Partido dos Trabalhadores (PT) terá como foco central o presidente Luis Inácio Lula da Silva, que vai apresentar Dilma Roussef como a candidata que vai dar continuidade à gestão dele.

Já José Serra, vai tentar passar a imagem de bom administrador, mais experiente do que a petista. Marina Silva, PV, pretende apresentar-se como uma alternativa e lutará para se tornar conhecida entre os 34% dos eleitores brasileiros que dizem não conhecer a candidata.

Independentemente da diferença de tempo, todos os candidatos, inclusive os que disputam cargos de deputados, senadores e governadores dos estados, têm expectativa para esta nova etapa da campanha. Isso porque, em pleitos anteriores a propaganda política conseguiu mudar o cenário eleitoral.

Entre os brasileiros as opiniões se dividem, parte considera a propaganda eleitoral no Rádio e TV muito importante. Outros, no entanto, acham que a exposição dos políticos na mídia não altera a opção de voto. Mas, para especialistas em ciência política, está comprovado que a propaganda partidária ajuda a reduzir o número de indecisos.

De acordo com a última pesquisa Datafolha, divulgada no dia 13 de Agosto, Dilma Rousseff tem 41% das intenções de voto. José Serra conta com 33% e Marina Silva, 10%. A pesquisa também mostrou que para 49% dos brasileiros Dilma Roussef vencerá a eleição de 3 de Outubro. Agora, a expectativa é em torno do próximo levantamento, que trará reflexos do desempenho dos candidatos na propaganda eleitoral no Rádio e TV.

XS
SM
MD
LG