Links de Acesso

Luanda: Demissão do governador na ordem do dia

  • Faustino Diogo

Via da Cuca, Luanda, em Julho de 2011

Via da Cuca, Luanda, em Julho de 2011

Na ordem do dia continua a exoneração do governador de Luanda depois de alegado envolvimento em actividades ilícitas envolvendo imobiliário.

Na capital angolana, na ordem do dia continua a exoneração do governador de Luanda depois de alegado envolvimento em actividades ilícitas envolvendo imobiliário.

No último fim-de-semana o presidente José Eduardo dos Santos exonerou o governador de Luanda justificando a medida como sequência da entrada em vigor da nova constituição da república que tem propiciado transformações profundas nos domínios institucionais.

No entanto a saída de José Maria Ferraz dos Santos já era ventilada pelo semanário angolano “Novo Jornal”, que associou a pessoa do então governador da capital, a um negócio que poderia culminar na extorsão de 25 milhões de dólares de comissão à “Esciendo”, uma empresa israelita detentora de um terreno destinado a um projecto imobiliário em Luanda.

O colaborador da “Voz da América”, Faustino Diogo, auscultou a opinião dos luandinos.

XS
SM
MD
LG