Links de Acesso

Brasil: Primeiro Debate dos Candidatos Presidenciais


Brasil: Primeiro Debate dos Candidatos Presidenciais

Brasil: Primeiro Debate dos Candidatos Presidenciais

O primeiro debate transmitido pela TV entre os quatro candidatos a presidência do Brasil não teve surpresas e contou com baixa audiência dos brasileiros.

A candidata do presidente Lula, Dilma Roussef, do PT, José Serra, do PSDB do ex-presidente FHC, a afrodescendente, Maria Silva, do PV, e Plínio de Arruda Sampaio, do PSOL, se enfrentaram por duas horas em programa transmitido, noite passada, pela TV Bandeirantes.

Para maioria dos especialistas aqui no Brasil, os candidatos evitaram assuntos muito polêmicos e o resultado do embate político foi um zero a zero.

Para observadores, o resultado sem vantagens para nenhum candidato favorece à representante do presidente Lula, Dilma Roussef. Isso porque esperava-se que José Serra fosse promover ataques mais duros contra a grande rival dele na corrida presidencial.

O clima morno do primeiro debate dos candidatos desanimou os brasileiros. A média de audiência do programa foi decepcionante. Grande parte dos brasileiros preferiu o futebol, a partida entre São Paulo e Internacional, na Copa Libertadores da América.

Sem atrair muito a atenção do eleitorado, o debate foi dominado pelas falas de Dilma Roussef e de José Serra. Marina Silva, e Plínio de Arruda Sampaio ficavam vários minutos sem falar uma palavra por causa de uma estratégia de Dilma e Serra de ficarem trocando perguntas só entre eles.

Nas oportunidades que teve para falar, o candidato do PSOL defendeu a redução da Jornada de Trabalho e a reforma agrária. Já a candidata Marina Silva preferiu destacar as propostas que tem para as políticas sociais, principalmente, na área da Educação.

Dilma Roussef e José Serra estavam com propostas parecidas para a Educação, citando sempre o aumento de cursos técnicos no país.
Serra citou as medidas que adotou como governador e prefeito de São Paulo. Sobre segurança, disse que vai criar o Ministério da Segurança Nacional. O candidato do PSDB evitou, em parte, criticar o governo Lula.

No fim do programa, Serra disse que era de família modesta e chegou a chorar se dizendo emocionado de estar disputando a presidência. Já a petista Dilma Roussef, voltou parte de seu discurso às mulheres e diz que o Brasil está preparado para ser comandado por uma mulher. A todo momento, a candidata lembrava o nome do presidente Lula.

A mais recente pesquisa de intenções de voto no Brasil, do Instituto Sensus, apontou a candidata do PT, Dilma Rousseff, dez pontos à frente do adversário tucano, José Serra, na corrida pela Presidência da República. A petista alcançou 41,6% das intenções de voto contra 31,6% do tucano. A candidata Marina Silva (PV) alcançou 8,5% da preferência do eleitorado.

Hoje é uma data importante do calendário eleitoral brasileiro. Os partidos políticos têm até esta sexta-feira para apresentar a primeira prestação de contas parcial dos gastos com a campanha política.

Para evitar fraudes, a legislação eleitoral prevê a partir de agora maior rigor na prestação de contas. Os partidos precisam explicar de onde veio e para onde vão os recursos.

XS
SM
MD
LG