Links de Acesso

Governo de Nampula fabrica carteiras escolares com madeira abandonada

  • Faizal Ibramugy

Governo de Nampula fabrica carteiras escolares com madeira abandonada

Governo de Nampula fabrica carteiras escolares com madeira abandonada

O governo provincial de Nampula iniciou com o processo de recolha de madeira em toros abandonados no seu território para posterior fabrico de carteiras escolares. A medida foi tomada recentemente, visando estancar a situação de crianças que se sentam no chão durante as aulas nas diferentes escolas da província de Nampula.

O governo provincial de Nampula iniciou com o processo de recolha de madeira em toros abandonados no seu território para posterior fabrico de carteiras escolares. A medida foi tomada recentemente, visando estancar a situação de crianças que se sentam no chão durante as aulas nas diferentes escolas da província de Nampula.

Só na cidade de Nampula, 25000 crianças assistem as aulas ao relento e consequentemente sentam-se no chão. Não foram fornecidos dados de crianças que se encontram na mesma situação ao nível da província, mas os números são assustadores.

A Directora Provincial de Educação de Nampula, Pascoa de Azevedo, referiu que a primeira recolha de madeira abandonada foi feita, tendo já sido fabricados um total de 75 carteiras e distribuídas para as escolas com mais gravidades. A fonte assegurou que brevemente, a sua instituição fará a entrega do segundo lote constituído por 100 carteiras para outras escolas.

Os toros de madeira são abandonados durante perseguições de exploradores ilegais de recursos florestais pelos fiscais de florestas

e fauna bravia. Nalguns casos, quando camiões transportando toros são interpelados sem nenhum titulo que justifique o trabalho.

Importa referir que recentemente foi apreendida madeira em contentores no Porto de Nacala a caminho do mercado asiático.

XS
SM
MD
LG