Links de Acesso

Malanje: Reabilitação do sector industrial

  • Isaías Soares

A juventude está preocupada com o primeiro emprego para sustentar as famílias

Postos de emprego para a juventude

Duas unidades de produção de colchões de espuma entraram hoje em funcionamento na cidade de Malanje e criaram cerca de quatro dezenas de postos de empregos para a juventude da região.

Os respectivos empreendimentos avaliados em um milhão e quinhentos mil dólares norte-americanos têm uma capacidade de produzir diariamente mil unidades.

O ministro da Industria, Geologia e Minas e Industria Joaquim David afirmou que a instalação das fábricas se quadram no plano do executivo central para a criação das potencialidades e desenvolvimento industrial desta província.

“Nós estamos embarcados num programa ambicioso de reabilitação da indústria têxtil, tivemos a ocasião hoje de verificar a existência de duas unidades embora pequenas para a fabricação de colchões e de uma unidade que está em fase de montagem confecções que vão ser fundamental, tendo em conta a quantidade de tecidos que vamos produzir”, afirmou.

O titular da pasta da Indústria confirmou a montagem de uma cerâmica de grandes dimensões que vai produzir telhas e tijolos a maior em todo território nacional, com a comparticipação de empresários e técnicos nacionais.

O governador provincial de Malanje, Boaventura da Silva Cardoso afirmou que o crescimento da indústria ajudará a abrir mais empregos para a juventude que constitui “um grande alento para o sector industrial que está a dar os seus primeiros passos, temos que reconhecer que Malanje precisa de mais indústria para se desenvolver e para gerar empregos, particularmente para a nossa juventude”.

“Apelo os potenciais investidores para investirem na nossa província, particularmente no sector da indústria, aos poucos vamos conseguindo levando avante esse desiderato, com isso, também reduzir os índices bastante elevados de desemprego na nossa província”, pediu Boaventura da Silva Cardoso.

A juventude é que mais está preocupada com o primeiro emprego para sustentar famílias, como precisou Silva Gonçalves, satisfeito com a criação das fábricas em Malanje que “é a primeira vez aqui”.

A fabrica de água mineral “Fonte de Amor” do Grupo Freimar começou a comercializar esta quarta-feira, as primeiras garrafas de um litro e meio do referido produto.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG