Links de Acesso

Nobel de Economia em Maputo para falar da "corrida aos recursos" naturais

  • William Mapote

Americano Joseph E. Stiglitz, foi laureado Nobel de Economia em 2001

Joseph Stigltz foi convidado para falar de Economia mas aproveitou para alertar sobre a maldição na exploração dos recurso minerais

Joseph Stigltz em Maputo

O economista norte-americano Joseph Stigliz advertiu hoje para a necessidade do governo moçambicano aprender com os conflitos já registados ao nível de alguns países, como resultado da descoberta das riquezas minerais, por forma a tirar maiores vantagens daquilo que hoje é chamado o boom dos recursos minerais no país.

Falando numa palestra bastante concorrida em Maputo, o Prémio Nobel da Economia de 2001 salientou que só uma consciência dos problemas que vividos noutros países se pode evitar a chamada maldição dos recursos, que em alguns países africanos, em particular, as descobertas das riquezas naturais culminam em guerras civis.

"Se tiverem consciência dos perigos de usar mal o dinheiro dos recursos naturais, vão geri-lo melhor. Há que manter a transparência e assegurar uma forte base democrática, e só desta forma se podem evitar os conflitos internos, que muitas vezes resultam da fraca distribuição da riqueza”, salientou.

Stigliz foi o convidado de honra do Centro de Integridade Pública, uma organização da sociedade civil nacional para uma aula aberta sobre o “Como Evitar a Maldição dos Recursos,” como resultado da era dos recursos naturais em que Moçambique entrou nos últimos anos.

Stigler chamou atenção ao facto de que em muitos casos a descoberta de recurso naturais resultou em ausência de crescimento sustentável e altos níveis de desigualdade social e falta de crescimento de emprego, um perigo que Moçambique não está imune.

“Moçambique deve aproveitar as vantagens dos recursos naturais, criando emprego e principalmente promovendo a diversificação da economia, usando os recursos para a educação e infraestruturas,”realçou.

XS
SM
MD
LG