Links de Acesso

Fome na África Oriental afecta mais de 6 milhões

  • Eduardo Ferro

Fome na África Oriental afecta mais de 6 milhões

Fome na África Oriental afecta mais de 6 milhões

O PAM está a multiplicar esforços para ajudar as vítimas da devastadora seca na região do "Corno de África".

O Programa Alimentar Mundial, PAM, anunciou que está a multiplicar os esforços no sentido de ajudar as vítimas da devastadora seca que está a registar-se na região do Corno de África.

A directora executiva do PAM, Josette Sheeran, afirmou que a agência está a aumentar a entrega de alimentos a milhões de pessoas afectadas pela seca na região do Corno de África.

Os novos esforços estão a ser orientados sobretudo para o apoio às crianças e mulheres.
Foi assim que a porta-voz do PAM, Stepanhie Savariaud fez o ponto da situação: “devido à dimensão do problema neste momento, é muito importante fortalecer a distribuição de alimentos para evitar a subnutrição aguda entre as crianças da região”.

Aquela responsável do PAM acrescentou que é isso que acontecerá se as mães das crianças não receberem tratamento com urgência.

Aquela agência da ONU está actualmente a fornecer alimentos a cerca de 6 milhões de pessoas desde o Djibouti ao Uganda e advertiu que esse número poderia atingir 10 milhões durante os próximos meses.

O PAM referiu ainda que estava a tentar obter 190 milhões de dólares em novas doações visto que os seus cofres estavam a esvaziar-se rapidamente devido ao grande número de refugiados provenientes da Somália em campos do Quénia e da Etiópia.

Savariaud disse no entanto a esse respeito que novas doações dos Estados Unidos e do Brasil estavam a ajudar a mobilizar esforços na Somália.

A crise é especialmente severa naquele último país onde cerca de um terço dos habitantes necessitam de ajuda humanitária de emergência.

Até há pouco tempo o grupo militante islâmico al-Shabab que controla grande parte da Somália tinha proibido a entrada no país de organizações de auxílio ocidentais.

O PAM está agora aguardando quais as condições que aquele grupo colocaria para a prestação de assistência alimentar.

XS
SM
MD
LG