Links de Acesso

Obama usa rede social para falar aos jovens sobre problemas económicos

  • Paulo Oliveira

Obama usa rede social para falar aos jovens sobre problemas económicos

Obama usa rede social para falar aos jovens sobre problemas económicos

Presidente americano recorreu ao Twitter, um popular instrumento americano de rede social

O Presidente norte-americano, Barack Obama, respondeu através de vídeo a perguntas sobre emprego e economia que lhe foram enviadas através do Twitter - um instrumento de rede social muito usado nos Estados Unidos

O encontro entre os cibernautas e o Presidente dos Estados Unidos foi transmitido, em directo e através da Internet, desde Sala Leste da Casa Branca.

O evento, conhecido como Townhall, foi moderado por Jack Dorsey, um dos fundadores da rede Twitter.

As perguntas enviadas para um site, foram depois serão seleccionadas através de uma plataforma, que destaca as mensagens mais relevantes dentro de um diálogo. Durante uma hora, Dorsey colocou as perguntas ao presidente Obama, que respondeu em directo.

O limite de 140 caracteres, a que estão submetidos os “tweets”, apenas foi aplicado às perguntas feitas ao Presidente e não às suas respostas.

A Casa Branca adianta que este será o primeiro de muitos encontros do género em que os cibernautas poderão colocar questões directamente a membros do Governo.

Jack Dorsey começou por destacar o que denominou de debate sobre o futuro, incluindo a segurança financeira da América.

“Esta discussão decorre na Casa Branca e compete ao auditório colocar as perguntas”.

A primeira pergunta inquiriu sobre os erros que Obama pensava ter feito na forma como lidou com a recessão dos Estados Unidos e sobre o que deveria ter feito.

O presidente afirmou ter agido correctamente com o programa de recuperação de 800 biliões de dólares da indústria automóvel, mencionando de seguinte o que deveria ter feito.

“Deveria ter explicado ao povo Americano que iria demorar a sair de onde estávamos. Nem eu avaliei da magnitude da situação, pois a maioria dos economistas não se aperceberam da amplitude da recessão”.

Outras questões abordaram o desemprego, a situação da manufactura nos Estados Unidos, os elevados custos da educação, e as negociações com o Congresso para aumentar o limite da divida federal e reduzir triliões de dólares do défice.

Em Abril passado Barack Obama participara numa sessão na rede Facebook, transmitida em directo através do YouTube.

O Presidente norte-americano tem quase nove milhões de seguidores na sua conta do Twitter, na qual recentemente passou a escrever directamente, por vezes, em vez de serem apenas os seus assessores a tomar conta dos seus tweets.

A Casa Branca, por sua vez, tem 2 milhões e duzentos mil seguidores.

XS
SM
MD
LG