Links de Acesso

Eleições em São Tomé, um negócio para alguns candidatos - diz Oscar Baia


Sao Tome, campanha eleitoral 2010 (arquivo)

Sao Tome, campanha eleitoral 2010 (arquivo)

Comentador político diz que os candidatos derrotados da primeira volta vão "vender" os seus apoios aos dois concorrentes mais votados

Em São Tomé os 9 candidatos confirmados para as eleições presidenciais de 17 de Julho estão em campanha desde o último fim-de-semana, num ambiente de muita incerteza e também de algum oportunismo político.

Os candidatos nos encontros com o eleitorado têm defendido a estabilidade política, mas perante o número excessivo de concorrentes alguns analistas consideram que essas eleições são sobretudo uma oportunidade de negócios.

É o caso do comentador político Oscar Baía que comnsidera que esta situação reflecte a incoerencia da lei eleitoral e também o oportunismo de alguns candidatos em fazer negócios.

Baia diz que alguns dos candidatos esperam poder negociar em dinheiro o seu apoio aos dois candidatos mais votados no caso de haver uma segunda volta.

O comentador Oscar Baia diz que esta tendência de banalização da governação política deve ser ultrapasada com a adopção de reformas políticas a começar no parlamento, onde são aprovadas as leis eleitorais.

Ouça a reportagem no inicio desta página.

XS
SM
MD
LG