Links de Acesso

CASA-CE promete governo para combater pobreza e injustiça social

  • Teodoro Albano

Corrupção, desemprego, nepotismo e a má a gestão do erário público são males que o partido de Abel Chivukuvuku propõe combater

CASA-CE revela projecto político na Huíla

O presidente da Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral, CASA-CE, Abel Chivukuvuku, reafirmou na província da Huíla o compromisso da formação de um governo saído das eleições de 31 de Agosto empenhado no combate a pobreza e a injustiça social.

Abel Chivukuvuku que procedia a inauguração da sede daquela coligação partidária na região apontou a corrupção, o desemprego, o nepotismo e a má a gestão do erário público como alguns males, que segundo ele, estão a travar o progresso social das populações.

Em pleno ambiente de pré-campanha eleitoral e com sucessivos apelos a juventude, o líder da CASA-CE, pediu o voto consciente no próximo 31 de Agosto.

“Afinal se temos o direito de escolher, se voltarmos a escolher aqueles que roubam do erário público que não dão emprego não dão habitação, é porque somos inconscientes. E nós a direcção da CASA temos plena confiança, temos fé na capacidade de discernimento dos angolanos que no dia 31 saberão definir um novo destino para o nosso
país”.

Durante sua estada no fim-de-semana no Lubango, Abel Chivukuvuku, visitou e conversou com os moradores do bairro da Tchavola, criado na sequência das demolições de 2010.

Na visita a segunda maior praça eleitoral do país, para além de ter orientado a primeira reunião do conselho executivo nacional da CASA-CE, Abel Chivukuvuku, explicou as razões do surgimento da coligação na abertura dos debates dos princípios estruturais para a proposta de governo a ser submetida ao povo nas eleições de 31 de Agosto.

XS
SM
MD
LG