Links de Acesso

MdP vence autárquicas de Cabo Verde

  • Eugénio Teixeira

Carlos Veiga

Carlos Veiga

"Sério aviso" ao governo do PAIGC, diz Carlos Veiga

table>

MdP vence autárquicas

O Movimento para a Democracia de Cabo Verde disse que a sua vitória nas eleições autárquicas de Domingo é “um sério aviso” ao governo do PAICV.

O MpD diz que a sua vitória é o resultado do governo não ter cumprido as suas promessas.

Contudo o PAICV diz que os resultados não são um reflexo da performance do governo já que o que estava em causa era a governação a nível local e não nacional.

Com os resultados das eleições de Domingo o MpD continua a ser o maior partido autárquico em Cabo Verde.

Das 11 Câmaras que governava, o MpD perdeu Porto Novo, mas venceu Brava, Tarrafal de São Nicolau e Paúl na ilha de Santo Antão.

Já o PAICV que dirigia 10 municípios, perdeu Brava, Tarrafal de S.Nicolau e Paúl, tendo apenas ganho a Câmara do Porto Novo.

O município do Sal continua na liderança do Grupo Independente GIMS, que contou uma vez mais com o apoio político do MpD.

Assim, o Movimento para a Democracia governa 13 Câmaras: Praia a capital, São Vicente, Boavista, Paul, Ribeira Grande de Santo Antão, São Domingos, Ribeira Grande de Santiago, São Miguel, Tarrafal de São Nicolau, Tarrafal de Santiago e Maio.

Por seu lado, o PAICV partido que suporta o Governo Central detém 8 Câmaras: São Filipe, Santa Catarina e Mosteiros todas na ilha do Fogo o bastião desse partido, São Lourenço, Santa Cruz, São Salvador do Mundo, Porto Novo e Ribeira Brava.

Reagindo à vitoria nas eleições de ontem, o presidente do MpD, Carlos Veiga, disse que a vontade da maioria dos cidadãos manifestada nas urnas, constitui um sério aviso ao Governo, devido às más politicas e promessas não cumpridas.

Já o presidente do PAICV partido que suporta o Governo, José Maria Neves, reconheceu que os objectivos traçados para estas eleições não foram atingidos, já que essa força politica ficou aquém das 12 Câmaras que pretendia conquistar.

José Maria Neves considera que o Governo tem todas as condições para dirigir os destinos do país, já que nas eleições autárquicas de ontem, eram os poderes locais é que estavam em avaliação.


Ouça a reportagem do Eugenio teixiera com declarações dos dirigentes partidários

XS
SM
MD
LG