Links de Acesso

Dirigentes africanos fugidos de Portugal em 1961 reúnem-se em Cabo Verde


Vista aerea da Cidade da Praia

Vista aerea da Cidade da Praia

A Cidade da Praia acolhe até 2 de Julho, o encontro de antigos estudantes que fugiram de Portugal e decidiram abraçar a luta pela independência dos respectivos países.

Dirigentes africanos fugidos de Portugal em 1961 reúnem em Cabo Verde

A Cidade da Praia acolhe até 2 de Julho, o encontro de antigos estudantes que fugiram de Portugal e decidiram abraçar a luta pela independência dos respectivos países.

Nesse reencontro dos antigos estudantes que fugiram de Portugal em 1961, destacam-se as presenças do antigo presidente moçambicano Joaquim Chissano, do ex-primeiro-ministro angolano Van Dunen e do antigo primeiro-ministro moçambicano Pascoal Mucumbi.

O presidente cabo-verdiano, Pedro Pires, enalteceu a importância da iniciativa que os estudantes tiveram na altura, ao abraçarem a causa da liberação e independência dos respectivos países. Pedro Pires considera que se devem reunir os elementos necessários para a produção de um documento para simbolizar esse grande facto histórico.

O antigo primeiro-ministro angolano, Van Dunen, recordou o momento que segundo ele fica sempre bem marcado, destacando a grande amizade que tem com o presidente Pedro Pires.

Também Joaquim Chissano se mostrou muito satisfeito por rever antigos companheiros. O antigo chefe de Estado moçambicano louvou a iniciativa, e espera que o contributo dado por esses antigos estudantes seja valorizado, até para inspirar os actuais jovens a abraçarem outras causas que se revelam importantes para a vida dos respectivos países.

XS
SM
MD
LG