Links de Acesso

Policia angolana admite conhecer paradeiro dos desaparecidos


Família de Alves Kamulingue

Família de Alves Kamulingue

Detenção ligada a manifestação de antigos militares

Polícia quebra silencio

A Polícia angolana quebra o silêncio admitindo que os cidadãos, Alves Kamulingue e Isaías Cassule, estão detidos mas não revela o local em que os mesmos se encontram encarcerados.

A informação foi prestada hoje à Voz da América, por Horácio Essuvi, tio de Alves Kamulingue, que disse ter recebido de oficiais da Polícia Nacional, junto do comando provincial de Luanda, a garantia de que o seu sobrinho, e o seu amigo, Isaías Cassule, estavam bem podendo serem libertados a qualquer instante.

As causas da detenção Alves Kamulingue e Isaías Cassule estão ligadas à sua alegada participação numa manifestação dos antigos militares afectos à Guarda Presidencial, que reclamavam o pagamento das suas pensões, segundo informação dada pela Polícia, a Horácio Essuvi.

Os dois cidadãos estão detidos desde 27 de Maio, tendo sido levados para local desconhecido.

Na sequência dos reiterados protestos da família junto da Polícia Nacional, a UNITA e o Bloco Democrático, vieram já a publico exigir do governo informações sobre o paradeiro dos dois desaparecidos.

XS
SM
MD
LG