Links de Acesso

Angola: Anulado concurso público em Malanje

  • Isaías Soares

Instituto Médio Agrário de Malanje

Instituto Médio Agrário de Malanje

Na província angolana de Malanje foi anulado o concurso público do sector da educação para provimento de vagas em 2011.

Na província angolana de Malanje,o presidente do Tribunal de Contas pronunciou a anulação total do concurso público do sector da educação na província de Malanje, referente ao provimento de vagas para 2011.

O relatório da sessão extraordiária do visto daquele órgão considerou que irregularidades na inserção de 368 candidatos do concurso de 2008 e a não publicação da classificação da prova de admissão de mais de 1400 candidatos contribuiram para a rejeição dos 1189 apresentados.

O documento final refere ainda que constituíram principais constrangimentos para o bom andamento dos trabalhos a existência de candidatos com falta de habilitações literárias, a presença de candidatos que não constavam das listas publicadas nas direcções proviciais e nos órgãos de comunicação social local, rasura dos documentos militares e das fichas de avaliações.


O presidente do Tribunal de Contas, Julião António lamentou o comportamento das pessoas que na Direcção Provincial de Educação, Ciência e Tecnologia trataram da questão.

O vice-governador para o sector técnico e infra-estruturas, Conceição Luís Cristóvão mostrou-se por seu turno satifeito com o trabalho dos integrantes da equipa do Tribunal de Contas, apelando para a realização de acções contínuas.

O Tribunal de contas analisou ainda processos da Administração Pública, Emprego e Segurança Social e do Governo Provincial de Malanje.

No Instituto Médio Agrário de Malanje (IMAM) onde as aulas estão parcialmente paralizadas por não pagamento desde Fevereiro dos salários de professores efectivos com números de agente desactivados, colaboradores, dos contratados e dos admitidos no curso público de 2010 e sem inserção nas folhas de salário, uma paralização total foi anunciada para o dia 21 de Junho.

O Instituto Médio Agrário de Malanje com 750 discentes da nona classe à décima segunda classe distribuídos por 22 turmas, 50 por cento no período da manhã e da tarde, possui 15 professores efetivos, num horizonte de 54, dos quais 49 angolanos e cinco de nacionalidade cubana.

Ouça a reportagem do nosso colaborador Isaías Soares.

XS
SM
MD
LG