Links de Acesso

Obama Mais Popular Internacionalmente Do Que Nos Estados Unidos

  • Paulo Oliveira

novo inquérito à opinião pública internacional apresenta o presidente dos Estados Unidos Barack Obama a manter grande popularidade na maior parte do mundo

Um inquérito internacional apresenta o presidente dos Estados Unidos como sendo mais popular no estrangeiro do que internamente.

Um novo inquérito à opinião pública internacional apresenta o presidente dos Estados Unidos Barack Obama a manter grande popularidade na maior parte do mundo, embora o presidente Obama e os Estados Unidos enfrentam desafios em países predominantemente muçulmanos.

Apesar dos problemas de imagem que o presidente Obama enfrente domesticamente um inquérito a vinte quatro mil pessoas em 22 países apresenta um elevado índice de popularidade.

Andrew Kohul é o presidente do Centro de Pesquisa Pew e director do Projecto Global de Atitudes.

“O inquérito indica que o presidente Obama permanece grandemente popular na maior parte do mundo – apesar do seu índice aprovação ter descido consideravelmente nos Estados Unidos – e a manutenção da popularidade no mundo beneficia a imagem dos Estados Unidos. A opinião sobre os Estados Unidos permanece bastante mais positiva em 2010 do que se registou nos mandatos de Bush”.

Ainda assim o apoio a Obama entre as nações muçulmanas era mais alto no inquérito do ano passado, na altura em que o presidente proferiu o famoso discurso do Cairo.

Um ano mais tarde aumentou o índice de desilusão dos muçulmanos. Os factos mudaram drasticamente no Egipto, onde a percentagem dos muçulmanos que manifestam confiança em Obama baixou dos 41 por cento para 31 por cento. No Paquistão o índice desceu de 13 por cento para oito por cento.

A confiança em Obama permanece elevada na Nigéria – com 77 por cento dos muçulmanos inquiridos a aprovarem a sua actuação, embora tenha baixado dos 81 por cento do ano anterior.

Com efeito os níveis da confiança e aprovação baixaram entre os muçulmanos inquiridos com excepção da Indonésia onde Obama viveu quando criança.

Percentagens significativas de muçulmanos vem os Estados Unidos como uma ameaça militar. No global, os Estados Unido são vistos como agindo unilateralmente, com Obama a registar valores abaixo do normal pela forma como aborda o Irão, e as guerras no Iraque e no Afeganistão.

Mas Kohut sustenta existir uma questão mais crucial como no caso do conflito Israelo Palestiniano.

Obama e as suas politicas são vistas mais favoravelmente fora do mundo muçulmano particularmente entre os europeus ocidentais.

“A opinião geral permanece largamente positiva nos países não muçulmanos, com uma média nacional de 71 por cento fora do mundo muçulmano, com uma aprovação global de 64 por cento no mundo não muçulmano”.

Os especialistas destacam um facto interessante – mau grado a critica contínua sobre a política dos Estados Unidos e aproximação aos assuntos mundiais, as populações a nível mundial mantêm pontos de vista positivos sobre o presidente e os Estados Unidos.

Segundo as mesmas fontes este não foi o caso das sondagens durante a administração Bush.

XS
SM
MD
LG