Links de Acesso

Nigéria: Série de atentados contra igrejas matam 21 pessoas

  • Eduardo Ferro

Militantes islâmicos do Boko Haram

Militantes islâmicos do Boko Haram

O número de feridos nos ataques no estado de Kaduna eleva-se a mais de uma centena.

Na Nigéria, pelo menos 21 pessoas morreram e mais de 100 outras ficaram feridas numa série de atentados contra igrejas cristãs.

Três igrejas foram alvo de atentados no estado de Kaduna, motivando tumultos na capital estadual que obrigaram à imposição de recolher obrigatório por 24 horas.

Kaduna tem sido palco de tensão desde as eleições de 2011 quando os tumultos que se seguiram provocaram a morte de cerca de 700 pessoas.

O conflito tem paralelamente base política e religiosa opondo muçulmanos e cristãos.

A cidade de Kaduna, a capital encontra-se agora dividida à imagem do resto do país com a zona norte de predominância muçulmana e a zona sul de maioria cristã.

Ninguém reivindicou ainda os ataques de hoje contra as igrejas cristãs, mas, o grupo radical islâmico Boko Haram admitiu a responsabilidade por ataques semelhantes incluindo os atentados contra igrejas no dia de Natal que mataram, mais de 40 pessoas e o ataque combista contra uma igreja este mês em Bauchi que causou a morte de outras 15 pessoas.

A organização Boko Haram é responsável pela morte de mais de um milhar de pessoas desde que começou com a sua vaga de violência em 2009 atacando forças de segurança, igrejas, escolas, edifícios do governo, jornais e mercados municipais.

XS
SM
MD
LG