Links de Acesso

Dia da Criança Africana chama a atenção para abusos sexuais

  • Francisco Júnior

Dia da Criança Africana chama a atenção para abusos sexuais

Dia da Criança Africana chama a atenção para abusos sexuais

Seminário em Maputo ensina crianças a detectarem abusos e a protegerem-se

Crianças contra o abuso

Tráfico de crianças, a violência e abusos de menores são realidades a que muitas crianças fazem face.

Esta semana na capital moçambicana, Maputo, várias crianças aprenderam pormenores relacionados com estas duras as realidades mas aprenderam também como se defender.

Um seminário organizado pela “Continuadores” uma organização que luta em prol da protecção e promoção dos direitos da criança em Moçambique e que teve como objectivo transformar as crianças elas próprias em agentes de educação e prevenção contra o tráfico e abuso de menores.

Beleza Rungo, Secretária-Geral da Organização Continuadores de Moçambique disse que é preciso apostar mais na prevenção e não esperar que o acto se consuma.

A Presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade, FDC, Graça Machel, disse que a responsabilidade dos mais velhos é trabalhar no sentido de não permitir que os direitos das crianças sejam violados e que estas se munam de ferramentas que lhes permitam defender-se, quando estão em perigo.

Entrevistas conduzidas pela Voz da América indicam que algumas crianças já sabem o que fazer para impedir ou denunciar casos de abusos.

Cento e dez crianças, representando 18 escolas da cidade de Maputo participaram no evento que contudo é apenas uma gota de água no oceano das crianças em Moçambique.

O país tem mais de 22 milhões de habitantes e mais de 55 por cento da população moçambicana é constituída por crianças a maior parte das quais, em situação de extrema vulnerabilidade.

A Organização Continuadores de Moçambique sabe disso e está já a procurar sensibilizar os parceiros, como o UNICEF, a Save The Children, a Rede da Criança e outros.

A ideia é que mais crianças possam aprender a prevenir-se contra o tráfico e abuso perpetrado pelos mais velhos.

Ouça a reportagem de Francisco Júnior com entrevistas e declarações dos participantes carregando na barra azul

XS
SM
MD
LG