Links de Acesso

Aumenta imigração dentro da CPLP


Domingas Gomes Varela, uma imigrante da CPLP seca roupa na Cova da Moura em Lisbon December 6, 2007. Portugal e Angola são os principais destinos dos cidadãos de outros países da CPLP

Domingas Gomes Varela, uma imigrante da CPLP seca roupa na Cova da Moura em Lisbon December 6, 2007. Portugal e Angola são os principais destinos dos cidadãos de outros países da CPLP

Imigração dentro da CPLP ascende a cerca de um milhão de pessoas. Portugal e Angola são principais destinos

Um crescente número de cidadãos da CPLP está a emigrar para países membros da organização, disse o secretário geral da Comunidade de Países de Língua portuguesa (CPLP), Domingos Simões Pereira que estimou que a imigração entre países membros ascende a cerca de um milhão de pessoas.

O Secretario executivo da CPLP falava na cerimónia de abertura da oitava reunião das Direcções-gerais dos Serviços de Migração e Fronteiras dos Países da Língua Portuguesa, que se iniciou Segunda-feira em Bissau com duração de três dias.

O dirigente da CPLP referiu-se em particular ao fluxo de cidadãos entre os países membros referndio em particular a entrada de imigrantes da CPLP em Portugal e Angola "como ontem ao Brasil".

Simões Pereira disse que embora não haja dados oficiais "estima-se que haja hoje um milhão de nacionais da CPLP vivem noutro país membro da CPLP".

O secretário geral da CPLP disse que não basta criar-se o estatuto de cidão comum a todos os países membros da organização havendo que criar condições para o acolhimento desses imigrantes.

Acima de tudo , disse ele, há que acabar com a xenofobia e racismo algo que só pode ser alcançado em verdadeira democracia.


Domingos Simões Pereira teve uma visão crítica quanto ao cumprimento dos acordos assinados entre os Estados membros da CPLP afirmando que muitos acordos são assinados e não são depois aplicados .


Ouça a reportagem carregando na barra azul no topo

XS
SM
MD
LG