Links de Acesso

Parlamento Europeu exige reposição imediata da ordem constitucional na Guiné-Bissau


Resolução teve voto favorável dos euro-deputados dos seis mais destacados grupos parlamentares em Estrasburgo

Resolução teve voto favorável dos euro-deputados dos seis mais destacados grupos parlamentares em Estrasburgo

Resolução aprovada pelos euro-deputados apela ao respeito da ordem constitucional e dos direitos humanos dos funcionários e cidadãos

Paralmento Europeu aprova resolução sobre a Guiné-Bissau

O Parlamento Europeu exigiu hoje a reposição imediata da ordem constitucional na Guiné-Bissau.

Reunidos em Estrasburgo os euro-deputados aprovaram uma resolução pedindo a "reposição imediata" da ordem constitucional e a conclusão do processo eleitoral e o respeito absoluto a integridade física dos funcionários públicos e cidadãos na Guiné-Bissau.

A proposta de resolução teve o voto favorável de seis grupos políticos que compõem a maioria do parlamento europeu.

E eurodeputada portuguesa Ana Gomes, membro da comissão dos negócios estrangeiros e coordenadora do grupo socialista no parlamento europeu, foi um dos subescritores da resolução.

Segundo ainda Ana Gomes, o parlamento europeu exortou a comunidade internacional a exercer "toda a influência necessária" e a fornecer todo o apoio para se chegar a uma "investigação completa" sobre o golpe de Estado e conduzir os seus responsáveis à justiça.

Ouça o extracto da entrevista da euro-deputada portuguesa com a Voz da América, no segmento sonoro desta página

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG