Links de Acesso

Moçambique: Governo suspende contratos do Instituto de Segurança Social

  • Simião Pongoane

Suspeitas de corrupçao levam as autoridades igualmente a investigar as acções dos responsáveis da instituição

Governo cancela contratos da Segurança Social

O ministério do Trabalho anunciou que está a investigar uma série de alegados escândalos financeiros e de contratos no Instituto de Segurança Social.

Este órgão do governo responsável pela gestão dos fundos de aposentadoria, tem sido acusado de assinar contratos fora dos parâmetros definidos pelo executivo e também na compra de imóveis com o fundo das reformas.

O Instituto é tutelado pelo Ministério do Trabalho e funciona como guardião do dinheiro dos pensionistas de várias instituições nacionais.

A Ministra Helena Taipo mandou anular o concurso de compra de materiais consumíveis pelo Instituto Nacional de Segurança Social.

O concurso que custaria 25 milhões de meticais, cerca de um milhão de dólares norte-americanos, fora ganho pela Ntuzi Investimentos.

A Ministra do Trabalho considera ser estranho e lamentável o facto de ninguém ter aparecido para dar satisfação aos pensionistas com relação aos escândalos financeiros, no Instituto Nacional de Segurança Social.

Para Helena Taipo, não se justifica o desembolso de vinte e cinco milhões de Meticais para a compra de materiais consumíveis a partir da sede, em Maputo, para todas as províncias porque o país tem uma política de descentralização.

A Ministra do Trabalho diz “a descentralização deve ser um facto, porque hoje as províncias são autónomas e têm capacidade para fazer o que se pretende fazer. É também uma questão de oportunidade financeira para outras empresas das províncias poderem pagar impostos e salários aos trabalhadores. Então, não faz sentido que o INSS está a fazer. Por isso cancelamos o concurso, enquanto decorre averiguação de zonas de penumbra”

A par do concurso para compra de consumíveis, o INSS terá desembolsado igualmente cerca de um milhão de dólares para a compra de uma residência para o seu Presidente do Conselho de Administração, Inocêncio Matavele.

A Ministra do trabalho disse ser grave o que se passa no INSS, porque se trata de uma instituição de carácter social, onde são depositados os fundos dos pensionistas.

O Instituto Nacional de Segurança Social já é considerado um saco azul para os corruptos em Moçambique. Quase sempre tem estado envolvido em escândalos financeiros, envolvendo muito dinheiro dos pensionistas.

XS
SM
MD
LG