Links de Acesso

Divisões na liderança da FNLA alimentam incertezas em Malanje

  • Isaías Soares

Simba Matuvanga, segundo secretário provincial da FNLA (facção de Lucas Ngonda), em Malanje

Simba Matuvanga, segundo secretário provincial da FNLA (facção de Lucas Ngonda), em Malanje

Militantes do partido queixam-se da apatia política criada pela disputa entre Ngola Kabango e Lucas Ngonda

Malanje FNLA continua dividida

A FNLA deverá participar nas eleições de Agosto próximo com duas lideranças, o que está a levantar sérias preocupações para os seus militantes em Malanje.

Os partidários da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) na província estão preocupados com a participação daquela formação política com duas bandeiras.

O segundo secretário da FNLA, partidários de Lucas Ngonda questiona-se o porque do não cumprimento do acórdão do Tribunal Constitucional quando a evolução dos imóveis e a presença de dupla liderança.

“Nós somos legítimos e solicitamos para ver se todos elementos afectos ao irmão Ngola Kabango que deixem a sede, até hoje continuam e nós fizemos aqui um documento que dirigimos ao procurador, esse nos respondeu para ver se o partido intenta uma acção judicial para despejar tais homens”, esclareceu, afirmando depois que o assunto arrasta-se desde o ano passado.

Simba Matuvanga reafirmou que “a FNLA vai as eleições, estão a faltar dois meses, para nós são dois dias e as instituições competentes não estão a falar nada e isso também nos complica, tem que haver justiça justa dentro do país. Como uma sentença está lida o juiz toma medida o réu vai a cadeia”.

Para garantir a Inscrição do partido criado por Holden Álvaro Roberto as eleições de 31 de Agosto deste ano, mil e cem assinaturas foram canalizadas para a direcção central em Luanda.

Ao nível interno estão a ser realizados actos de mobilização e sensibilização dos militantes, amigos e simpatizantes, com maior incidência aos jovens e os antigos combatentes da luta de libertação nacional.

Os correligionários de Lucas Ngonda realizam toda actividade política em residências de militantes e familiares.

XS
SM
MD
LG