Links de Acesso

UNITA critica discurso de Eduardo dos Santos na SADC

  • Alexandre Neto

Alcides Sakala, porta-voz da UNITA

Alcides Sakala, porta-voz da UNITA

A UNITA terá sido segundo o resultado da ronda que efectuamos, uma das poucas organizações que seguiu com atenção os desenvolvimentos no palco da SADC.

UNITA critica discurso de Eduardo dos Santos na SADC

Com a grande maioria dos partidos na oposição apegados em afazeres internos, sobretudo aqueles que têm a ver com a organização dos documentos para as inscrições das suas candidaturas junto do Tribunal Constitucional, a UNITA terá sido segundo o resultado da ronda que efectuamos, uma das poucas organizações que seguiu com atenção os desenvolvimentos no palco da SADC.

“O Presidente da República tentou tapar o sol com a peneira, sobretudo esvaziar o impacto das manifestações” disse Alcides Sakala, o porta-voz do “galo negro”:

“O presidente, com algum embaraço, quis minimizar um bocado o impacto destes movimentos de contestação que agora vão surgindo, não só em Luanda mas por todo o país e ao faze-lo penso que tentou tapar o sol com a peneira.”

José Eduardo dos Santos deu vivas aos progressos democráticos registados no continente africano, o que permitiu segundo palavras suas, uma substituição dos regimes autocráticos.

Mas os analistas de política em Angola, continuam a colocar o país no grupo das ditaduras remanescentes em África.

Sobre este regozijo manifestado pelo Chefe de Estado, Alcides Sakala, considera ser uma tentativa de branquear o sistema criado no decurso dos mais de 36 anos de poder, e diz porquê:

“Isto ao medirmos por exemplo a apelação dos serviços de segurança e defesa. Esta nova dimensão que se introduziu para reprimir as manifestações de jovens e que e o surgimento de milícias ao serviço do sistema que reprimem sistematicamente todos aqueles que se querem manifestar por direitos constitucionalmente consagrado.”

O Presidente Dos Santos falava na sexta-feira em conferência de imprensa, no fecho da cimeira extraordinária dos Chefes de Estado da SADC.

A VOA tentou trazer mais reacções doutros representantes de formações políticas, mas sem sucesso.

XS
SM
MD
LG