Links de Acesso

Angola: UNITA insiste em comissão eleitoral independente

  • Agostinho Gayeta

Angola: UNITA insiste em comissão eleitoral independente

Angola: UNITA insiste em comissão eleitoral independente

A UNITA quer uma comissão nacional eleitoral independente para garantir a transparência das próximas eleições.

O principal partido da oposição angolana, UNITA, convocou hoje uma conferência de imprensa para tornar públicas as deliberações saídas da reunião do comité permanente da comissão política realizada a 27 do corrente sob a orientação do seu presidente, Isaías Samakuva.

A UNITA quer uma comissão nacional eleitoral independente para garantir a transparência das próximas eleições.

A formulação da estratégia política do partido para as próximas eleições foi um dos assuntos analisados pelo comité permanente, mas os últimos desenvolvimentos da política nacional não ficaram de lado.

Sobre as próximas eleições a terem lugar em 2012, a UNITA defende a adopção de medidas políticas adequadas ao estatuído na constituição angolana. Por isso, quer a criação de uma comissão eleitoral independente para assegurar a realização de eleições justas e democráticas em Angola.

O maior partido político da oposição reafirmou a necessidade de um enquadramento político e jurídico das recomendações feitas pelos observadores da União Europeia às eleições legislativas de 2008, dentro do pacote leis eleitorais que será submetido ao parlamento em Junho do corrente ano.

Ouça a reportagem do Agostinho Gayeta com mais pormenores.

XS
SM
MD
LG