Links de Acesso

Seca põe vidas em perigo no Namibe

  • Armando Chicoca

Efeitos da seca (foto de arquivo)

Efeitos da seca (foto de arquivo)

Fome assola população afectada pela seca e autoridades locais pedem ajuda

Fome no Namibe

A fome causada por uma das piores seca de sempre ameaça vidas humanas no Município da Bibala, na provincia do Namibe.

Em algumas zonas há famlias que já não comem durante cinco dias seguidos.

As autoridades tradicionais dos vários pontos daquele Município agro-pecuário, apelaram à intervenção urgente das autoridades governamentais em socorro da população a contas com a fome.

O grito de ajuda humanitária dos sobas, vai igualmente para as organizações não governamentais angolanas e internacionais .

A Voz de América, naquelas localidades, apurou haver factos que indiciam para a necessidade de uma intervenção urgente visando socorrer aquela população, acontas com a penúria alimentar.

Por exemplo na localidade de assunção, Município da Bibala, anmais começaram já a morrer por causa da seca nomeadamente bois, cabritos e porcos em consequência da seca. Constatou-se igualmente a existência de famílias que passam mais de 5 dias sem uma refeição.

Algumas destas comunidades recorrem a fruta silvestre, denominada "Nombê" .

José Raimundo, camponês da área do Khondo em Assunção, descreveu de preocupante a penúria alimentar na sua área de jurisdição, afecta ao Município da Bibala, ex-vila Arriaga..

Já no bairro da Muhonda, Município sede da Bibala, o soba José Júlio alertou que caso não haja intervenção de socorro, muitas pessoas poderão morrer de fome.

O Regedor do Mungondue, povoação da quilemba Velha, igualmente Município da Bibala, na linha limítrofe com a província da Huila, Kavião Tchitumba, disse que a fome está a apertar o cerco e faz refém, jovens, velhos e crianças, naquelas paragens.

Enquanto isso, o Ministro da agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas, Afonso Pedro Canga, ontem, em visita de trabalho a província do Namibe, à margem do programa de assinatura da segunda fase do contrato de construção da academia de pescas, com o governo polaco, o governante também trocou impressões com as autoridades governamentais locais, sobre a situação in loco das dificuldades porque passam as comunidades assoladas pela estiagem.

XS
SM
MD
LG