Links de Acesso

Alcindo Amado impedido de concorrer à Câmara do Mindelo

  • Eugénio Teixeira

As eleições autárquicas estão marcadas dia 1 de Julho próximo

Camara Municipal do Mindelo

A corrida eleitoral à presidência da Câmara Municipal de Mindelo, o segundo principal centro urbano do arquipélago, fica agora com 4 concorrentes, já que o 1º juízo cível da Comarca de São Vicente não aceitou a candidatura do cidadão Alcindo Amado.

Com Amado fora de jogo, teremos Augusto Neves do MPD, Filomena Martins do PAICV, António Monteiro da UCID os três partidos com assento parlamentar e João do Rosário do PTS, na corrida às autárquicas do próximo dia 1 de Julho.

Alcindo Amado que lidera o Movimento Independente para Inovação e Desenvolvimento de São Vicente, ele que era eleito municipal do MPD, acusa a Comissão de Recenseamento local e o Tribunal de excesso de zelo, ao exigirem determinadas formalidades que anteriormente não tinham sido exigidas a outras candidaturas independentes.

Alcindo Amado mostra-se agastado com a decisão do Tribunal, afirmando que desta forma torna-se extremamente difícil uma pessoa exercer a cidadania democrática no arquipélago.

Refira-se que o PAICV e o MPD são as principais forças políticas concorrentes, com os dois partidos a apresentarem candidaturas praticamente nos 22 municípios existentes, menos no Sal e São Filipe, onde o Movimento para a Democracia apoia candidaturas independentes.

Se a nível do poder central, o Movimento para a Democracia é oposição, já no poder local, este partido lidera a maioria das Câmaras municipais (11), surgindo o PAICV na segunda posição com (10), enquanto o Município do Sal é presidido pelo GIMS – Grupo Independente do Sal, apoiado pelo MPD.

As eleições autárquicas estão marcadas dia 1 de Julho próximo, estando o arranque da campanha eleitoral, previsto para 15 de Junho.

XS
SM
MD
LG