Links de Acesso

Angola: malnutrição crónica afecta três em 10 crianças

  • Faustino Diogo

unicef logo

unicef logo

Três em cada 10 crianças em Angola sofrem de mal nutrição crónica e enquanto os índices de pobreza extrema forem altos dificilmente se poderá combater a desnutrição das crianças angolanas. Quem o diz é o UNICEF na voz do seu representante no país Koenrad Vanormelingen.

Três em cada 10 crianças em Angola sofrem de mal nutrição crónica e enquanto os índices de pobreza extrema forem altos dificilmente se poderá combater a desnutrição das crianças angolanas. Quem o diz é o UNICEF na voz do seu representante no país Koenrad Vanormelingen.

A pobreza que afecta a maioria da população angolana, assim como a falta de educação, sobretudo das mulheres são apontadas pelo UNICEF como as principais causas para que 30% das crianças no país sofram de má nutrição

De acordo com o representante do UNICEF enquanto houver um fosso muito grande entre ricos e pobres no país a situação de mal nutrição das crianças vai prevalecer.

Ainda para Koenrad Vanormelingen representante da UNICEF em Angola, a situação poderá afectar o desenvolvimento económico de Angola.

XS
SM
MD
LG