Links de Acesso

Moçambique: Crescimento resulta em desigualdades

  • Simião Pongoane

A

A

Pobreza é calcanhar de Aquiles do rápido crescimento económico

Desigualdade em Moçambique

Moçambique poderá ocupar o segundo lugar no continente africano em termos de crescimento económico no período 2011/2015.

Mas a pobreza continua a ser o calcanhar de Aquiles desse desenvolvimento, diz um relatório acabado de publicar

Segundo o grupo de personalidades “Africa Progress Panel”, liderado pelo antigo Secretário-geral da ONU Kofi Annan e do qual faz parte também a antiga primeira-dama moçambicana Graça Machel, o grande desafio moçambicano neste momento é a falta da redução da pobreza.

O relatório diz que Moçambique não tem conseguido baixar a pobreza apesar dos seus níveis de crescimento.

Um dos grandes perigos para Moçambique, diz o documento, é o crescimento das desigualdades entre ricos e pobres, acrescentando que Moçambique é um dos países com maior desníveis, já que 10% dos considerados ricos têm rendimentos 19 vozes superiores aos primeiros 10% dos mais pobres do país.

Na introdução do relatório Annan afirma que aumentar a produtividade de pequenos produtores agrícolas é crucial para reduzir as desigualdades.

Isto aliás coincide com as propostas apresentadas por um relatório da ONU sobre a situação de insegurança alimentar e que a Voz da América aborda nutra reportagem neste “site”.

O documento faz notar que a produtividade agrícola em Moçambique é a mais baixa da África Austral.

O ministério da planificação e desenvolvimento de Moçambique recusou-se a comentar o relatório do “Africa Progress Pannel”.

Ouça a reportagem do Simião Pongoane

XS
SM
MD
LG