Links de Acesso

Huíla vai ter centro de resolução de conflitos

  • Teodoro Albano

Advogado Jerry Simão, da Associação Mãos Livres no Lubango

Advogado Jerry Simão, da Associação Mãos Livres no Lubango

Trata-se de uma iniciativa da associação de defesa dos direitos humanos “Mãos Livres”.

Huíla vai ter centro de resolução de conflitos

A província da Huíla vai ter um centro regional de resolução de conflitos numa iniciativa da associação de defesa dos direitos humanos “Mãos Livres”.

Segundo o novo presidente da organização, Salvador Freira dos Santos, recentemente eleito, a região sul tem sido fértil em contenciosos judiciais, que justificam a criação de um centro de resolução de conflitos.

O homem forte da associação “Mãos Livres” sem precisar o horizonte temporal frisa que esta será uma das prioridades no seu mandato de 4 anos.

Os conflitos extrajudiciais estarão na mira das atenções do referido centro, esclareceu Salvador dos Santos: “ O centro que nós queremos vai ser um centro para resolução de conflitos com celeridade porque vão ser resolvidos por via extrajudicial. Esta é a iniciativa, este é o princípio que nós orientamos o nosso coordenador no sentido de mais rapidamente possível criar todas as condições quer estruturais concernentes na localização de um escritório o mais rapidamente possível como também na mobilização de activistas para trabalhar neste ponto importante que está relacionado a criação de um centro regional”.

Os últimos anos para a “Mãos Livres”, têm sido de melhoria da situação dos direitos humanos em Angola.

Os avanços nos direitos humanos precisam de ser melhorados em alguns aspectos consagrados na constituição, defende no entanto, Salvador Freire dos Santos: “ Há alguns constrangimentos que têm surgido relativamente as demolições que têm acontecido quase em todo nosso o país com o direito a reunião e manifestação que de facto também precisamos limar algumas arestas para permitir que possamos ter uma linha de acção uma linha que vai de acordo com a nossa constituição no artigo 47”.

O líder da associação "Mãos Livres", Salvador Freire dos Santos rendeu no cargo o advogado e político David Mendes.

XS
SM
MD
LG