Links de Acesso

Moçambique tem que aumentar produção agrícola - FMI

  • William Mapote

Moçambique tem que aumentar produção agrícola - FMI

Moçambique tem que aumentar produção agrícola - FMI

Pressões sociais forçaram governo a convocar encontro para análise do programa

O Fundo Monetário Internacional defende um forte investimento no sector agrícola em Moçambique, como forma de acabar com o défice alimentar, que afecta o país.

Falando no Maputo, à margem da sessão extraordinária do Observatório de Desenvolvimento, o representante do FMI em Moçambique, Victor Lledó, disse esperar que o novo Plano de Acção para a Redução da Pobreza (PARP), aprovado esta semana pelo governo, venha criar condições efectivas para acelerar a produção alimentar.

Duplicar a produção alimentar nos próximos dez anos é uma das medidas que, a par dos subsídios de transporte, cesta básica e os programas de assistência social, constituem acções traçadas pelo governo para atenuar o custo de vida na população mais vulnerável.

As pressões sociais exigindo mais esclarecimentos, obrigaram o governo a convocar os parceiros sociais e de cooperação para uma sessão extraordinária do Observatório de Desenvolvimento, onde apresentou formalmente o alcance das medidas.

António Sousa Cruz Director nacional do Ministério da Planificação e Desenvolvimento disse que o objectivo do encontro era permitir que haja um entendimento claro por parte de toda a sociedade e dos parceiros internacionais de cooperação e colher possíveis subsídeos, uma vez que ainda decorre o processo de afinação das medidas.


A sociedade civil, congregada no chamado G20, assume que a decisão da apresentação das medidas deveria ter sido feito mais cedo e, apesar de acontecer a curto espaço de tempo da sua implementação, promete analisá-las e apresentar, oportunamente, as suas contribuições.

Ouça a reportagem do William Mapote

XS
SM
MD
LG