Links de Acesso

Americanos querem explorar minérios em asteróides


Imagem de um asteróide perto da Terra captada pela NASA

Imagem de um asteróide perto da Terra captada pela NASA

Uma companhia sedeada no noroeste dos Estados Unidos denominada Planetary Resources disse ter planos para extrair matérias-primas em asteróides perto da Terra, que vão desde água a metais preciosos.

Uma companhia sedeada no noroeste dos Estados Unidos denominada Planetary Resources disse ter planos para extrair matérias-primas em asteróides perto da Terra, que vão desde água a metais preciosos.

O co-fundador da Planetary Resources, Peter Diamandis, é um empresário, escritor conceituado, médico e presidente da X Prize Foundation. Falando numa conferência de imprensa no Museu do Ar em Seattle, no Estado de Washington, Diamandis afirmou que desde a adolescência sempre quis minerar asteróides:

“A visão do Planetary Resources é tornar os recursos do espaço disponíveis à humanidade, tanto lá como aqui na Terra, seja água ou metais e minerais estratégicos em asteróides que são importantes para promover e criar um mundo de abundância aqui na Terra.”

Funcionários da companhia disseram que a extracção de recursos de asteróides irá render dezenas de biliões de dólares anualmente, mas sublinharam que esses valores ainda estão a décadas de distância. Acrescentaram que a mineração de asteróides fornecerá uma provisão sustentável de metais preciosos para a crescente população da Terra.

A Planetary Resources disse estar a desenvolver a primeira linha de uma série de naves espaciais de prospecção do espaço profundo, o Arkyd-100. O engenho é essencialmente um telescópio espacial que ajudará os cientistas a identificarem e priorizarem asteróides alvo perto da Terra. A companhia indicou que a nave Arkyd-100 será lançada para o espaço dentro de cerca de dois anos. Para além disso, os mesmos funcionários disseram que o plano é massificar a produção do modelo seguinte, o Arkyd-300 e enviá-los em grande quantidade para expedições espaciais. A Planetary Resources disse que a mineração dos asteróides será feita através de robots e que esperam identificar esses asteróides dentro de uma década.

A Planetary Resources disse que os asteróides perto da Terra podem ser alcançados com pouca propulsão e será relativamente fácil partir deles devido aos seus muito pequenos campos de gravidade.

A companhia tem entre os seus apoiantes financeiros, bilionários como o presidente da Google, Larry Page, e como conselheiro do projecto o famoso cineasta e explorador das profundezas marinhas, James Cameron, que realizou, por exemplo, os filmes “Titanic” e “Avatar”.

XS
SM
MD
LG