Links de Acesso

Cristãos angolanos celebram Sexta-feira Santa

  • Teodoro Albano

Cristãos angolanos celebram Sexta-feira Santa

Cristãos angolanos celebram Sexta-feira Santa

Em Angola a Igreja entende que o sacrifício de Jesus Cristo na cruz que culmina com o Domingo da Ressurreição deve servir de reflexão para as questões do amor sobretudo ao próximo.

A Sexta-feira Santa é lembrada sobretudo pelo mundo cristão pela paixão e morte de Cristo na cruz.

Em Angola a Igreja entende que o sacrifício de Jesus Cristo na cruz que culmina com o Domingo da Ressurreição deve servir de reflexão para as questões do amor sobretudo ao próximo.

O padre Benedito Kapinala, da Paróquia da Laje, no Lubango, defende que a Semana Santa e a Páscoa devem apontar para a conversão e mudança de comportamentos;

“Seja a Semana Santa como a própria Páscoa são acontecimentos que apontam fundamentalmente para a conversão para a mudança de atitudes de comportamentos pecaminosos para aqueles santos e santidade supõe necessariamente o reconhecimento do outro como filho de Deus igual a mim, logo, se eu estou bem o meu irmão filho de Deus também tem de estar bem esta devia ser a consequência prática e a Páscoa seria verdadeiramente libertação passagem do egoísmo para o altruísmo.”

Para a Igreja Evangélica a Páscoa é a realização do plano de Deus para a salvação do homem.

Para o reverendo Dinis Eurico, na Páscoa se deve demonstrar o espírito de solidariedade entre os homens;

“O amor do homem continua a ser o amor centrífugo o amor egoísta, o amor que olha muito perto no nosso país há muitos pobres há muita gente que perdeu famílias durante a guerra os seus haveres, etc. E nós devíamos ser mais solidários e na Páscoa podemos manifestar esta nossa solidariedade com o próximo que Deus nos amou e nós também devemos amar o próximo.”

A semana santa e a visão da igreja em período de Páscoa em Angola.

XS
SM
MD
LG