Links de Acesso

São Tomé: Patrice Trovoada reúne-se com José Eduardo dos Santos


Patrice Trovoada, primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe

Patrice Trovoada, primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe

Primeiro-ministro santomense obteve nesta sua visita à Luanda a assinatura finalmente de um acordo com a Sonangol sobre os investimentos no arquipélago

O primeiro-ministro santomense regressou esta tarde à São Tomé depois de uma visita de 24 horas à Luanda onde obteve garantias de assinatura de um acordo com a Sonangol para a próxima semana.

Nesta visita a Luanda Patrice Trovoada reuniu-se a porta-fechada com o presidente angolano José Eduardo dos Santos, e o conteúdo da conversa não foi revelado.

O primeiro-ministro santomense conseguiu para já da parte do governo angolano duas garantias.

A primeira, é que a Sonangol vai assinar já Quarta-feira em São Tomé com as autoridades locais um acordo de gestão do porto de Ana Chaves e do aeroporto internacional de São Tomé. São dois grandes investimentos angolanos no domínio de infra-estruturas em São Tomé negociados pelo anterior governo e cujas obras tardavam em iniciar.

A segunda garantia é de que a reunião da Comissão Mista Angola - São Tomé Príncipe vai ter lugar no próximo mês de Maio.

O encontro previsto para São Tomé deverá ter lugar entre os dias 27 e 30 de Maio.

Na sua passagem por Luanda o primeiro-ministro santomense Patrice Trovoada encontrou-se a porta-fechada com o presidente angolano José Eduardo dos Santos. Fonte da delegação santomense disse a Voz da América que nenhum membro do governo que acompanhava Patrice Trovoada pôde assistir a esta reunião com o presidente angolano.

Os ministros santomenses, nomeadamente Afonso Varela ministro secretário do governo e Salvador dos Ramos dos Negócios Estrangeiros, reuniram-se sim o ministro angolano das Relações exteriores, Jorge Chicote.

As duas delegações realçaram a importância da cooperação bilateral entre Angola e São Tomé e Príncipe, e comprometeram-se em retomar as negociações mantidas durante a visita do primeiro-ministro Patrice Trovoada em Outubro do ano passado que tinha definido uma nova abordagem do relacionamento entre os dois países.

A ida de Patrice Trovada a Angola e sobretudo o anúncio da retoma dos projectos da Sonangol em São Tomé aconterce numa altura em que o executivo santomense tem vindo a solicitar apoios de países vizinhos para financiar o Orçamento Geral de Estado de 153 milhões de dólares num contexto de falta de solvência interna.

Na semana passada o primeiro-ministro Patrice Trovoada esteve igualmente de visita ao Gabão onde obteve um empréstimo de 5 milhões de dólares do governo gabonês destinados a financiar os investimentos públicos no arquipélago.

XS
SM
MD
LG