Links de Acesso

Namibe: Desalojados das cheias sem condições

  • Armando Chicoca

Refugiados das cheias do Namibe

Refugiados das cheias do Namibe

Os desalojados querem ajuda do governo

Desalojados das cheias querem ajuda

Os sinistrados das cheias do mês transacto na província do Namibe, clamam por apoios do governo.

Reassentados no deserto de kalahari, a norte do bairro Saco-Mar, e outros na pereferia do Município da Bibala, os visados reclamam as mínimas condições humanas. A água para o consumo humano é um principais problemas.

Desde o passado dia 4 de Março, quando se deu a calamidade natural, à presente data, as autoridades governamentais, ainda não apresentaram, publicamente, estatística fiável do número dos sinistrados das cheias do presente ano chuvoso.

Criança num acampamento de refugiados das cheias do Namibe

Criança num acampamento de refugiados das cheias do Namibe

A Voz da América foi ao encontro dos visados e confirmou que muitas pessoas, por falta de apoio das autoridades governamentais locais, consumem agua imprópriao que já causou um surto de doenças diarreicas agudas,no seio dos visados.

Os agricultores também perderam terras aráveis já trabalhadas e alguns dos vagricultores viram as motobombas soterradass. O silêncio das autoridades governamentais quanto aos apoios, preocupa os homens que trabalham a terra.

O Director do Instituto do desenvolvimento Agrário, José Maria disse aos orgaos de comunicação social locais que as inundações que devastaram as terras trabalhadas pela segunda vez em menos de nove anos, resultam da ausência do trabalho de desassoreamento dos rios intermitentes do Namibe.

Instadas a pronunciar-se dos apoios reclamados, as autoridades governamentais locais prometem reagir nos próximos dias acerca do programa de assistência das vítimas das cheias na província.

XS
SM
MD
LG