Links de Acesso

Estados Unidos: Presidente Obama anuncia candidatura às presidênciais de 2012


Estados Unidos: Presidente Obama anuncia candidatura às presidênciais de 2012

Estados Unidos: Presidente Obama anuncia candidatura às presidênciais de 2012

Obama enviou mais de 13 milhões de e-mails aos apoiantes e espera angariar mais de mil milhões de dólares para a campanha

O presidente Barack Obama acaba de oficializar a sua candidatura a um segundo mandato na Casa Branca.

O anúncio foi feito na internet através de mensagens aos seus apoiantes e militantes do Partido Democrático, e visa angariar fundos para a campanha eleitoral.

A agência de notícias Associated Press escreve a propósito que o presidente Obama, anunciou a sua candidatura ao meio de três guerras, durante um braço de ferro com o Congresso sobre o Orçamento Geral do Estado, e perante uma fase de lenta recuperação económica.

“Todos sabemos que as mudanças sérias não chegam rápida e facilmente”, cita o presidente americano a agência de notícias, adiantando que Obama enviou e-mails a mais de 13 milhões de apoiantes anunciando a sua candidatura. O presidente americano promete que a sua administração e os seus apoiantes vão lutar para proteger os progressos obtidos, e fazer muito mais. O presidente realçou contudo a necessidade de uma maior mobilização para 2012, de forma a iniciar a campanha com o avanço necessário.

Obama disse aos apoiantes que está a preencher os documentos necessários junto a Comissão Federal de Eleições, e pediu-lhes para acederem a sua pagina na internet onde um filme mostra diversos apoiantes justificando as razões pelas quais o apoiam.

Obama lança a sua candidatura numa altura em que a Casa Branca está num braço de ferro com o Congresso acerca do orçamento que poderá conduzir ao encerramento do governo, semanas depois das forças armadas americanas terem dirigido as operações militares na Líbia, e dias depois das estatísticas terem mostrado sinais de recuperação económica com a queda da taxa do desemprego para 8,8 por cento da população.

O processo há muito esperado, foi feito para coincidir com um dos momentos anuais de recolha de fundos ao nível dos partidos políticos. Ao preencher os requisitos impostos pela Comissão Federal de Eleições o presidente Obama será permitido a iniciar a angariação de fundos que segundo os seus aliados poderá atingir o nível recorde com mais de mil milhões de dólares. O processo vai ter início este mês e Obama deverá visitar nas próximas semanas, os seus maiores contribuintes de Chicago, San Francisco e Los Angeles.

A campanha continuará a ter sede na cidade de Chicago e será dirigida desta vez por Jim Messina, que na anterior candidatura foi um dos membros seniores da equipa de Obama.

Enquanto isso, do lado Republicano a candidatura para as presidenciais estão a ganhar corpo com mais de uma dúzia de membros do partido a tentarem a sorte. Até ao momento poucos são os que deram o primeiro passo, e prevê-se que vários outros poderão romper o silêncio ainda este mês. Por enquanto é uma corrida aberta sem um líder destacado no seio do partido conservador.

XS
SM
MD
LG