Links de Acesso

"Masta Tito": Rapper sem medo


Rapper Masta Tito

Rapper Masta Tito

Rapper crítica instituições políticas e militares mas mesmo entre opoder há quem o admire..

Chama-se Tito Marcelino Morgado, ou se quiserem, simplesmente “Masta Tito” o seu nome artistico.
Rapper guineense, de 28 anos, nascido no Sul da Guine, começou a cantar em 2002, com a canção Vampiro, na altura muito criticada por reportar palavras que muitos disseram serem "ultrajantes".

Era o início de uma carreira um pouco difícil. Obter meios de fazer música foi a fase mais crítica desse começo de carreira. Mas hoje, “Masta Tito” sente-se realizado, porquanto muitos consideram-no o porta-voz da maioria da população guineense.

"Masta Tito" afirma que é popular por uma razão muito simples.

"Falo a verdade. Só digo a verdade," disse ele à Voz da America.

Das suas mensagens retiram-se palavras duras e ostensivas ao poder político e militar, sobretudo. E mesmo assim, contràriamente aos primeiros momentos, o rapper disse que não se sente ameaçado, considerando que tem conquistado a grande simpatia de algumas figuras do poder.

Com efeito "Masta Tito" foi mesmo convidado pela hierarquia militar a efectuar um esptaculo para elementos das forças armadas e disse que nunca se sentiu incomodado ou amedrontado


“Masta Tito” vive em Buba, no Sul da Guiné.

Pai de uma filha de sete anos, do seu nome Dionísia Morgado, o rapper guineense Masta Tito tem em diversas ocasiões com a sua música levantado receios junto dos seus famliares particularmente a sua mãe (o pai faleceu há anos). Os irmãos temem muitas vezes pela sua integridade física.

Mas com a sua música e a sua popularidade "Masta Tito" diz estar em empenhado a fazer aquilo que gosta, a sua arte.

XS
SM
MD
LG