Links de Acesso

Líbia: Apoio aéreo faz avançar rebeldes

  • Eduardo Ferro

Líbia: Apoio aéreo faz avançar rebeldes

Líbia: Apoio aéreo faz avançar rebeldes

Os rebeldes apoderaram-se de Bin Jawad estando agora a dirigir-se para a cidade de Sirte, a região natal do líder líbio Moammar Gadhafi.

Na Líbia, as forças rebeldes baseadas no leste do país avançaram hoje rapidamente em direcção ao ocidente reconquistando várias localidades devido ao apoio aéreo das forças ocidentais.

Os rebeldes apoderaram-se de Bin Jawad estando agora a dirigir-se para a cidade de Sirte, a região natal do líder líbio Moammar Gadhafi.

Na sua ofensiva contra Bin Jawad os rebeldes recuperaram igualmente o controlo das cidades portuárias de Ras Lanuf e Brega onde se encontram os terminais petrolíferos através dos quais é exportado a maior parte do petróleo líbio.

A coligação ocidental tem estado a levar a cabo ataques aéreos contras as forças governamentais líbias desde 19 de Março fazendo cumprir a resolução do Conselho de Segurança da ONU autorizando o recurso a todas as medidas necessárias para proteger os civis líbios dos ataques das forças fiéis a Gadhafi.

Entretanto, destacados membros da administração americana defenderam hoje o envolvimento na Líbia afirmando que os Estados Unidos agiram para travar uma crise humanitária e para impedir a desestabilização da Tunísia e do Egipto.

A secretária de estado Hillary Clinton e o secretário da defesa Robert Gates deram várias entrevistas às principais redes de televisão americanas defendendo a decisão de liderar a coligação que está a fazer aplicar a zona de interdição aérea na Líbia.

Vários elementos da oposição argumentaram que o presidente Obama não devia ter tomada aquela decisão antes de consultar o Congresso.

O presidente americano deve falar segunda-feira ao país para explicar a sua decisão de intervir na Líbia.

XS
SM
MD
LG