Links de Acesso

Luanda: Muitos apartamentos, poucos clientes

  • Arão Ndipa

A maior parte dos condomínios privados construídos em Luanda nos últimos anos não têm clientes.

A maior parte dos condomínios privados construídos em Luanda nos últimos anos não têm clientes.

Segundo os especialistas em imobiliário,esse facto deve-se aos altos preços praticados na capital angolana e à falta de credibilidade bancária dos potenciais clientes junto das instituições que lhes poderiam conceder crédito à compra de habitação.

Analistas do ramo económico admitem mesmo que uma "bolha imobiliária" pode estoirar caso o executivo não intervenha.

Os especialistas sublinham que neste momento o crédito malparado atingiu já os 8%.

Para falar sobre o assunto, o repórter Arão Ndipa ouviu o presidente da Associação Industrial de Angola, José Severino e Miguel Gomes, jornalista do semanário Novo Jornal.

Para Miguel Gomes, jornalista especializado em questões de imobiliário, os elevados preços praticados pelas empresas de construção têm desencorajado os investimentos por parte da banca comercial.

“Para o público em geral, acrescentou, o crédito imobiliário não tem sido uma aposta muito forte da banca angolana.”

Quanto a José Severino, defendeu a intervenção das autoridades angolanas através de uma actuação concertada com o sector bancário nacional.

O presidente da Associação Industrial de Angola salientou também que na Europa a banca apostou no crédito jovem para relançar o sector. Contudo ,afirmou, esses jovens tinham empregos e o mesmo não se pode dizer de Angola.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG