Links de Acesso

Angola: Libertado dirigente das Lundas


Jota Filipe Malakito, dirigente do Protectorado Lunda-Tchokwé

Jota Filipe Malakito, dirigente do Protectorado Lunda-Tchokwé

Presidente da Comissão do Protectorado das Lundas encontrava-se detido sem julgamento

As autoridades angolanas libertaram hoje o Dr. J. Filipe Malakito, presidente da Comissão do Protectorado das Lundas.

A libertação do Dr. Malakito foi ordenada pelo Supremo Tribunal de Angola.
Mais de 30 outros activistas desta organização que luta por uma maior autonomia da região já haviam sido libertados por ordem do tribunal mas Malakito permaneceu detido.

O Dr. Malakito está já em casa a descansar, disse-nos o Secretário Geral da organização José Mateus Zecamutchima.

“Ele estava emocionado quando falei com ele,” acrescentou, afirmando ainda que o dirigente da sua organização está pronto a continuar pelos ideais da organização que quer uma maior autonomia para o território.

O Dr. Malakito continua com problemas de saúde que o afectaram durante a sua prisão. A sua libertação foi feita sem qualquer tipo de restrição pelas autoridades
O Dr. Malakito encontrava-se detido ao abrigo de uma lei de segurança do estado já caduca e foi libertado por ordem do Supremo Tribunal. Mais de 30 outros activistas, detidos na Lunda norte também foram libertados por ordem do tribunal.

Contudo cinco activistas que já haviam sido julgados continuam presos e dois outros estão libertados condicionalmente. José Mateus Zecamutchima disse que organização quer a libertação desses seus militantes.


Ouça a entrevista, clicando na barra sobre este texto


XS
SM
MD
LG