Links de Acesso

Estados Unidos financiam ONG’s angolanas

  • Alexandre Neto

Embaixador dos Estados Unidos em Angola, Cristopher McMullen, com o reverendo Augusto Chipesse, da Igreja Evangélica Congregacional.

Embaixador dos Estados Unidos em Angola, Cristopher McMullen, com o reverendo Augusto Chipesse, da Igreja Evangélica Congregacional.

O embaixador americano Cristopher McMullen rubricou nesta quarta-feira, em Luanda, três contratos para a entrega de fundos, destinados a organizações não-governamentais que desenvolvem projectos nos domínios da educação, formação profissional e actividades recreativas.

O embaixador americano Cristopher McMullen rubricou nesta quarta-feira, em Luanda, três contratos para a entrega de fundos, destinados a organizações não-governamentais que desenvolvem projectos nos domínios da educação, formação profissional e actividades recreativas.

O acto teve lugar nas instalações da Embaixada Americana e contou com a presença dos representantes das organizações beneficiárias, nomeadamente, a Obra Divina Providência, Igreja Evangélica Congregacional e a Associação para o Crescimento e Desenvolvimento Empresarial.

Embaixador dos Estados Unidos em Angola, Christopher McMullen, com representante da Organização Divina Providência

Embaixador dos Estados Unidos em Angola, Christopher McMullen, com representante da Organização Divina Providência

Ao acto deveriam assistir também, representantes do executivo, mas que não se fizeram presentes, por razões que nós não conseguimos apurar.

Avaliado em 35 mil dólares americanos, o fundo é canalizado pelo Departamento do Estado norte-americano.

Na curta intervenção que fez, antes mesmo de anunciar nomes, o embaixador disse que a decisão de escolher as organizações beneficiárias não tinha sido fácil, felicitando de seguida os vencedores.

“Recebemos 49 propostas para o fundo de auto-ajuda. O comité de selecção escolheu três organizações baseadas na qualidade da proposta, na capacidade de implementar as actividades e na capacidade de cumprir com todas as exigências de monitorização,” disse.

McMullen augurou o melhor desempenho junto das comunidades e manifestou o desejo de no terreno, tomar contacto com os projectos que vão ser desenvolvidos.

“Tenho a certeza de que estas organizações, com o apoio dos Estados Unidos da América, vão melhorar a vida do povo angolano", disse o diplomata, prosseguindio: "Espero poder visitar as organizações representadas aqui, hoje, para conhecer pessoalmente o bom trabalho comunitário.”

Por seu lado, o reverendo Augusto Chipesse, falando em nome da Igreja Congregacional, recordou que a instituição por si dirigida foi fundada em 1880 por missionários americanos. A entrega hoje de fundos, adiantou, representa o amor que o povo americano tem para com Angola.

“Ao assinarmos este acordo, assumimos o compromisso de levar a cabo este projecto e também para ajudar aquela comunidade para a sustentabilidade do projecto.”

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG