Links de Acesso

Angola vai preparar soldados e polícias da Guiné-Bissau


Presidente Malam Bacai Sanha

Presidente Malam Bacai Sanha

A evidência da estreita relação de cooperação entre Bissau e Luanda ficou uma vez mais confirmada hoje com o lançamento oficial da Missão Militar Angolana na Guiné-Bissau.

A evidência da estreita relação de cooperação entre Bissau e Luanda ficou uma vez mais confirmada hoje com o lançamento oficial da Missão Militar Angolana na Guiné-Bissau. Uma missão que visa, em larga escala, apoiar a tão desejada reforma no sector da Defesa e Segurança, aliás já em curso, tendo para o efeito, Angola enviado para o país efectivos militares seus. Hoje, na cerimónia de lançamento da missão, antecedida com deposição de uma coroa de flores no Mausoléu de Amílcar Cabral, por parte da delegação angolana, a qual é chefiada pelo ministro da Defesa, o presidente da República, Malam Bacai Sanhá, que presidiu à cerimónia destacou o que se segue:

Era pois o presidente guineense, Malam Bacai Sanha. E para Domingos Simões Pereira, Secretário Executivo da CPLP, organização que acompanha o processo guineense em todos os sectores, este acto representa que os apelos até aqui proferidos sobre a causa guineense não foram em vão. Vamos ouvi-lo:

Sem palavras não podia ficar o ministro angolano da Defesa, Cândido Pereira Van-dúnem, que chefiou a delegação que veio ao país justamente para proceder ao lançamento desta missão:

Guiné-Bissau e Angola caminham de mãos dadas, numa cooperação cada vez mais evidenciada.

XS
SM
MD
LG