Links de Acesso

Malanje: UNITA diz que MPLA quer recolher cartões eleitorais

  • Isaías Soares

Antigo Palácio da Justiça de Malanje (época colonial), actual comité provincial do MPLA

Antigo Palácio da Justiça de Malanje (época colonial), actual comité provincial do MPLA

Oposição igualmente descontente com a nomeação dos presidentes das comissões executivas provinciais para o processo eleitoral.

O responsável da UNITA encarregado de acompanhar as próximas eleições gerais na província angolana de Malanje, Fernando Falua, acusou o partido governamental, MPLA, de ter um projecto de recolha de cartões de eleitores dos seus militantes.

O político que aos órgãos de comunicação públicos e privados durante uma visita de avaliação que realizou nesta região, mostrou-se igualmente descontente com a nomeação dos presidentes das comissões executivas provinciais para o processo eleitoral.

O secretário provincial do MPLA para os assuntos políticos, económicos e eleitorais, Lando David Pacheco, respondendo à acusação disse que a UNITA em época de eleições cria factos políticos para desacreditar o seu partido: “Nesta fase que está a decorrer todo o preparativo do processo eleitoral a UNITA devia preocupar-se com questões de fundo e não estar a criar dificuldades ou a levantar falsos comentários a volta dessa questão de registo eleitoral”, disse ele.

O responsável do MPLA afirmou que nenhum deve cidadão aceitar a recolha do cartão eleitoral para qualquer fim, por ser um documento pessoal: “Não é orientação do partido, os nossos militantes, os responsáveis dos comités de acção foram bem elucidados, foram bem orientados, estar a par e passo da situação que se passa no país, não estão orientados à proceder dessa forma. Os nossos militantes são obedientes as orientações, que recebem do partido não podem agir a margem da lei”, disse Lando David Pacheco o secretário provincial do MPLA em Malanje para os assuntos políticos, económicos e eleitorais.

XS
SM
MD
LG